Pelo terceiro ano seguido, Dian Luka integra a melhor defesa da Liga

Pelo terceiro ano consecutivo, Dian Luka está na melhor defesa da Liga Nacional. O ala, que fez história em Jaraguá do Sul, é uma das peças fundamentais do Joinville na atual temporada. Além de marcar gols decisivos, como na vitória sobre o São José e também diante da Assoeva, pelas oitavas e quartas de final da Liga Nacional 2016, respectivamente, o jogador tem se destacado na marcação.

Nas últimas duas edições da Liga Nacional, a equipe de Jaraguá do Sul, ex-equipe do ala Dian Luka, teve a melhor defesa da competição. Dian teve participação decisiva, sendo um dos jogadores que mais esteve em quadra pelo Jaraguá nas últimas temporadas. Já na atual edição da Liga, o Joinville, atual equipe do camisa 07, tem a melhor defesa da competição nacional.

"Sempre procuro entender a filosofia de jogo da equipe que atuo, mas também estudando o adversário. O futsal é muito dinâmico, rápido, pois o tempo inteiro você precisa saber marcar e atacar. Qualquer deslize pode ser crucial em uma partida, ainda mais nos momentos decisivos", destacou o ala.

Aplicado taticamente, Dian Luka tem forte relação com o futsal catarinense. Revelado em Jaraguá do Sul, o jogador despontou para o cenário do futsal nacional atuando ao lado de craques como Falcão, Lenísio, Tiago, Franklin, Valdin, Ari, Chico, Leco e Xande. A vitoriosa era da Malwee Jaraguá tinha o comando do treinador multicampeão Fernando Ferretti, hoje comandante do Magnus Futsal (SP).

Nos dois últimos anos, Dian Luka assumiu a responsabilidade e se tornou um dos ídolos em Jaraguá do Sul, mesmo com o investimento inferior ao passado. O ala teve participação decisiva no título da Taça Brasil de Clubes e do Campeonato Catarinense 2015, antes de se transferir ao Joinville.

Agora no Tricolor catarinense, Dian Luka também se destacado nos desarmes, sendo referência no fundamento ao lado de Leco, Xuxa, Junai e Fernando. Os dados são captadados a cada partida pelo preparador físico do Joinville e bicampeão do mundo pela Seleção Brasileira, João Carlos Romano.

O Joinville luta por uma vaga na semifinal da Liga no próximo 05 de novembro, quando recebe a Assoeva, no Centreventos Cau Hansen. A equipe joinvilense tem a vantagem do empate no tempo normal, já que venceu o jogo de ida das quartas de final, por 3 a 2, em Venâncio Aires (RS).

Renan Pereira